3 tendências operacionais inovadoras para a indústria dos restaurantes

joshua-rodriguez-422768-unsplash

*Texto original, em inglês, por Alexander Nicholas Kozlov. Para acessá-lo, clique aqui.

A indústria de restaurantes, conhecida pela competitividade, tem passado por mudanças transformacionais. A tecnologia digital e a automação inteligente oferecem a possibilidade de redefinir o engajamento do cliente e a experiência gastronômica. Os sistemas POS de restaurantes, cada vez mais sofisticados, permitem a integração dos dados do cliente e do back office em tempo real, criando novas oportunidades para alavancar as análises, obter insights e oferecer serviços personalizados exclusivos aos clientes.

Mas isso é apenas parte da história. A tecnologia também está transformando as operações - da cadeia de suprimentos para a TI, até o gerenciamento de instalações. Aí vão três tendências da indústria de restaurantes. Confira:

Inteligência Artificial (IA) e suprimentos: O gerenciamento de suprimentos perecíveis é um desafio crítico para os restaurantes, que geram mais de 11 milhões de toneladas de resíduos alimentares por ano. Em muitos casos, a capacidade de minimizar o desperdício e a deterioração é o que separa as operações lucrativas das que falharam.

Os aplicativos de IA que utilizam recursos de reconhecimento de padrões podem analisar volumes maciços de dados para detectar padrões e correlações que geram insights sobre relações de causa/efeito entre vários fatores. Um bar de esportes, por exemplo, pode analisar variáveis como a época do ano, as equipes jogando e o clima para estimar a quantidade ideal de abacates para comprar para um fim de semana de futebol.

Alavancando a Internet das Coisas (IoT): As “redes de redes” de dispositivos inteligentes que coletam, analisam e compartilham dados continuamente, apresentam um potencial incrível para a indústria de restaurantes. Sensores inteligentes em refrigeradores podem melhorar ainda mais o gerenciamento de suprimentos rastreando produtos perecíveis e monitorando o volume e o uso. As fritadeiras podem ser programadas para manter o óleo em temperaturas ideais e enviar alertas com tempo exato quando a comida estiver cozida, quando o óleo precisar ser substituído e quando o equipamento precisar de manutenção.

Novas abordagens para o gerenciamento de energia: Mais especificamente, a IoT está aprimorando os recursos de gerenciamento de energia. Isso é extremamente importante para os restaurantes - uma indústria que gasta de 3% a 5% dos custos operacionais com energia. Além de monitorar equipamentos de restaurante, os sensores inteligentes podem regular temperaturas com precisão para garantir condições de trabalho seguras e áreas de jantar confortáveis.

O foco nos custos de energia, pode gerar objetivos específicos e resultados quantificáveis, além de fornecer um bom ponto de partida para uma cadeia de restaurantes que busca desenvolver uma estratégia de IoT mais ampla.

Para obter mais informações sobre os recursos da Softtek, visite nossa página Restaurant Industry.

email icon
To top